Atendimento
27 3331-8500

Engenharia de Software


MISSÃO DO CURSO

O Curso de Engenharia de Software do Centro Universitário Católico de Vitória visa formar profissionais para atividades de modelagem, implantação, testes e inovação na produção de software, com visão empreendedora e pautados na ética e na responsabilidade social.
 

OBJETIVOS DO CURSO

OBJETIVO GERAL
O curso de Bacharelado em Engenharia de Software tem por objetivo a formação de profissionais com princípios éticos e morais que possam contribuir técnica e socialmente para a área de concepção, manutenção e produção de software. 
 
OBJETIVOS ESPECÍFICOS
- Atender à crescente demanda por profissionais da área de Engenharia de Software;
- Atender á demanda crescente por profissionais que possam trabalhar com qualidade de software, considerado parte importante dos processos de produção;
- Atender à demanda por profissionais que possam fazer a efetiva gestão de equipes de análise, desenvolvimento, manutenção e testes de software.
- Formar egresso com visão inovadora e empreendedora para fortalecimento da área de produção de software em âmbito nacional e Internacional
 

PERFIL DO EGRESSO

O Bacharel em Engenharia de Software deve se valer de conceitos e técnicas de informática e teoria de sistemas para contribuir na indústria de desenvolvimento de software. O bacharel em Engenharia de Software deve ser capaz de contribuir com equipes na produção de software para atender demandas de mercado e de clientes diretos.
Neste contexto, o egresso do curso de Bacharelado em Engenharia de Software do Centro Universitário Católico de Vitória deverá apresentar as seguintes competências:
O Perfil dos Egressos dos Cursos de Bacharelado em Engenharia de Software Levando em consideração a flexibilidade necessária para atender domínios diversificados de aplicação e as vocações institucionais, espera-se dos egressos dos cursos de Engenharia de Software que: 
1. Possuam sólida formação em Ciência da Computação, Matemática e Produção, visando a criação de sistemas de software de alta qualidade de maneira sistemática, controlada, eficaz e eficiente que levem em consideração questões éticas, sociais, legais e econômicas; 
2. Sejam capazes de criar soluções, individualmente ou em equipe, para problemas complexos relacionados aos domínios de conhecimento e de aplicação; 
3. Sejam capazes de agir de forma reflexiva na construção de software, compreendendo o seu impacto direto ou indireto sobre as pessoas e a sociedade; 
4. Entendam o contexto social no qual a construção de Software é praticada, bem como os efeitos dos projetos de software na sociedade; 
5. Entendam os aspectos econômicos e financeiros, associados a novos produtos e organizações; 
6. Entendam a importância da inovação e da criatividade e compreendam as perspectivas de negócios e oportunidades relevantes.
 

ÁREAS DE ATUAÇÃO

O processo de formação deve considerar que o Bacharel em Sistemas de Informação é um profissional de nível superior, cujo perfil deve refletir as seguintes competências e Habilidades:
Planejar, especificar, projetar, implementar, testar, verificar e validar sistemas de computação (sistemas digitais), incluindo computadores, sistemas baseados em microprocessadores, sistemas de comunicações e sistemas de automação, seguindo teorias, princípios, métodos, técnicas e procedimentos da Computação e da Engenharia;
2. Compreender, implementar e gerenciar a segurança de sistemas de computação; 
3. Gerenciar projetos e manter sistemas de computação;
4. Conhecer os direitos e propriedades intelectuais inerentes à produção e à utilização de sistemas de computação; 
5. Desenvolver processadores específicos, sistemas integrados e sistemas embarcados, incluindo o desenvolvimento de software para esses sistemas;
6. Analisar e avaliar arquiteturas de computadores, incluindo plataformas paralelas e distribuídas, como também desenvolver e otimizar software para elas;
7. Projetar e implementar software para sistemas de comunicação;
8. Analisar, avaliar e selecionar plataformas de hardware e software adequados para suporte de aplicação e sistemas embarcados de tempo real;
9. Analisar, avaliar, selecionar e configurar plataformas de hardware para o desenvolvimento e implementação de aplicações de software e serviços;
10. Projetar, implantar, administrar e gerenciar redes de computadores