Atendimento
27 3331-8500

Semana da Misericórdia integra Obras Salesianas de Vitória
10/10/2017 - Institucional

Entre os dias 2 e 5 de outubro, a Presença Salesiana de Vitória promoveu a segunda edição da Semana da Misericórdia, no pátio da Instituição. O evento, que celebra o Jubileu da Misericórdia, proclamado por Papa Francisco, convida a comunidade a participar de ações de incentivo à conversão espiritual por meio de atividades culturais, obras de misericórdia, adoração, experimento da escuta e momentos de fé. Durante a Semana, alunos, educadores e familiares participaram de atrações como teatros, apresentações musicais, grupos de oração, contação de histórias, entre outras atividades.

Por meio do evento também foram arrecadadas doações de roupas e 820 quilos de alimentos não perecíveis destinados ao Centro de Acolhimento e Orientação a Crianças e Adolescentes (Caoca). Crianças e adolescentes da obra, entre 6 e 17 anos, receberam os itens doados pela comunidade educativa durante a Semana da Misericórdia.

De acordo com Pró-reitor de Pastoral, Padre Adenilson Lopes Rubim, o evento propõe o envolvimento de toda a comunidade educativa em uma ação eu envolve escuta, acolhimento e solidariedade. “A semana é uma oportunidade de aproximação entre as pessoas e apuração do olhar acolhedor para o nosso entorno: O senhor colocou-nos no mundo para os outros, dizia sempre Dom Bosco”. 

Outra atração, foi a grande final do I Festival de Música Autoral, realizada na quinta-feira (5/10), que reuniu cinco talentos das Obras Salesianas com músicas inspiradas no tema da estreia 2017, Família. A vencedora foi Lorena Rosário, aluna do Dandara, com a canção “Qual é o valor? ”.

“A participação dos jovens no Festival no surpreendeu. Além de talentosos, eles mostraram grande sensibilidade ao tema. As produções musicais emocionaram a todos que ouviram e torceram por cada participante.  Isso aumenta a nossa responsabilidade para a próxima edição”, afirmou Adenilson.

Quer saber mais sobre o que é o ano do Jubileu?

A palavra Jubileu se inspira no termo hebreu de yobel, que se refere ao chifre do cordeiro que servia como instrumento musical. Jubileu, também tem uma raiz latina, iubilum que representa um grito de alegria. Na tradição católica, o Jubileu consiste em que durante um ano se concedem indulgências aos fiéis que cumprem certas disposições estabelecidas pelo Papa. O Jubileu pode ser ordinário ou extraordinário. A celebração do Ano Santo Ordinário acontece em um intervalo a cada 25 anos, com o objetivo de que cada geração experimente pelo menos uma em sua vida. Já o Ano Santo Extraordinário se proclama como celebração de um fato destacado. O Jubileu proclamado pelo Papa Francisco é um Ano Santo Extraordinário. É um convite para que, de maneira mais intensa, fixemos o olhar na Misericórdia do Pai.